Al. Aristiliano Ramos, 702 - Centro
Rio do Sul - SC - CEP: 89160-129
+
Entre em contato:
(47) 3521-2700

Confira nossas dicas

Saiba como tratar sua piscina corretamente.

+ Princípios básicos

Nesta seção você irá encontrar informações valiosas sobre tratamento da sua piscina.

Há alguns princípios básicos que você deve saber e que serão essenciais nos próximos passos deste guia. Este são:

  • Volume da sua piscina:

    • Para ter esta informação, você precisa saber o formato da sua piscina e suas dimensôes.​

    • Piscina retangular: volume = largura x comprimento x profundidade (em metros). Ex: Volume = 4 m x 8 m x 1,4 m = 44 m³

    • Piscina oval: volume = π (3,14) x raio (metade do diâmetro) x raio x profundidade. Ex: Volume = 3,14 x 2 x 2 x 1,2 = 15 m³

  • pH:

    • Apesar da gigante importância deste parâmetro, poucos medem o pH, por preguiça, por achar desnecessário, por qualquer motivo que seja​. Sem o pH ajustado, os produtos não surtem efeito na água, levando a conclusões erradas.

Ok, se você já tem estes dados, vamos em frente.

+ Manutenção

Qual a dosagem dos produtos?

A dosagem é proporcional ao produto que você está utilizando, ou seja, cada fabricante/produto demanda uma dosagem específica. Para encontrar a dosagem ideal do produto verifique no rótulo do mesmo. Se você utiliza algicida de manutenção da HTH, por exemplo, deverá dosar 6 ml para cada m³, portanto se sua piscina tem 8 m de comprimento por 4 m de largura e 1,4 m de profundidade, deverá realizar o cálculo do volume e multiplicar pela dosagem: 8 x 4 x 1,4 = 44,8 m³ x 6 ml = 268 ml.

+ Água verde

A água verde é resultado de proliferação de algas. Estas algas surgiram por alguma falha no tratamento, podendo ser: pH desajustado, falta de algicida ou falta de cloro.

Primeiramente, devemos separar água verde de paredes verdes.

  • Água verde com o fundo da piscina visível. Neste caso, você deverá realizar os seguintes procedimentos:

    • Retrolavar o filtro;

    • Ligar o conjunto de filtração na posição FILTRAR;

    • Fazer uma cloração de choque (4 vezes o recomendado pelo fabricante);

    • Adicionar algicida de choque (usar a dosagem recomendada pelo fabricante);

    • Escovar as paredes e o fundo;

    • Filtrar a água por no mínimo 12 horas;

    • Após as 12 horas, ajustar o pH, retrolavar o filtro e continuar com o processo de manutenção normal.

  • Água verde com o fundo da piscina não visível. Neste caso, você deverá fazer o tratamento com Weekend:

    • Ligar o conjunto de filtração na posição RECIRCULAR;

    • Verificar a quantidade de produto que deverás adicionar na sua piscina. Para isto, você deverá seguir as instruções no rótulo.

    • Colocar um pouco de água dentro de um balde e dissolver aos poucos o pacote número 1 até formar uma pasta, então adicionar o restante da água, dissolver bem e então​ jogar em toda a extensão da piscina;

    • Dissolver o pacote número 2 e adicionar em toda a extensão da piscina;

    • Escovar as paredes e o fundo;

    • Deixar o motor funcionando por 15 minutos e desligar;

    • No outro dia, antes que haja incidência solar sobre a piscina, aspirar o fundo drenando, ou seja, com a alavanca na posição drenar.

    • Retomar os procedimentos normais da piscina.

Caso sua piscina não fique limpa ou volte a ficar verde, precisaremos avaliar outras questões em sua água. Favor entrar em contato com a loja.​

+ Água turva

A água turva pode ser causada por vários fatores:

  • Filtração insuficiente;

    • Você deve dividir o volume da sua piscina pela vazão do seu filtro, então terá a quantidade de horas que deverá deixar o filtro funcionando. Ex: filtro com vazão de 2 m³/h em uma piscina de 10 m³. Portanto, horas necessárias = 10 / 2 = 5 horas.​

  • Cloração insuficiente;​

    • Os cloros devem apresentar no seu rótulo a dosagem correta para a piscina. Estes dados serão em gramas por metro cúbico de água. Alguns exemplos:​

      • HTH Tradicional (hipoclorito de cálcio - 65% de cloro ativo​) - Recomendação de 4 g/m³. Se a piscina tem 44 m³, então devemos adicionar 4 x 44 = 176 g.

      • Pace Ação Total (dicloro - 42% de cloro ativo) - Recomendação de 6 g/m³. Se a piscina tem 44 m³, então devemos adicionar 6 * 44 = 264 g.

    • Solução: retrolave o filtro da sua piscina, faça uma dosagem de choque de cloro (4 vezes mais do que o recomendado na embalagem do produto) e deixe sua piscina filtrando por 12 horas

+ Água com metais

Água com metais é um problema bem característico. Cada metal apresenta uma cor específica, sendo mais comum o ferro devido às altas concetranções nos lençois freáticos da nossa região.

A piscina apresenta coloração marrom-alaranjada e a filtração é completamente ineficiente nestes casos, assim como a cloração e o clarificante.

Solução: adicionar Solução Água de Poço pra concentração indicada pelo fabricante.

+ Manchas

As manchas são causadas por vários fatores, mas os principais são:

  • Metais: para remover estas manchas, execute a ação encontrada na secão Água com metais.
  • Esbranquiçamento: este fator é causado pela ação do cloro sobre o revestimento. A forma mais fácil de remover estas manchas é utilizar redutor de pH até atingir pH abaixo de 3 e deixar a piscina parada durante algumas semanas. Após este período, ajustar o pH lentamente. Retornar para a manutenção normal.

+ Água com cheiro de cloro

Este problema, por incrível que pareça, é causado pela falta de cloro.

Quando o cloro está livre na água ele não tem cheiro, mas a partir do momento em que age como sanitizante/bactericida ocorre a ligação com matéria orgânica formando então cloraminas, estas sim tem cheiro característico de cloro.

Para resolver este problema, deverá ser realizada uma dosagem de choque de cloro, ou seja, dosar 3 vezes mais que o comum.

+ Gordura sobre a água

Causado pelo uso de óleos bronzeadores principalmente, mas também pela oleosidade da pele.

Para remover esta oleosidade existe o produto específico da HTH Eliminador de Oleosidade. A dosagem vai variar conforme a quantidade de gordura presente na superfície.

+ Presença de animal morto

Com certeza não é nada agradável achar um cadáver dentro da piscina, mas não se preocupe, tornar sua piscina apta para banho é mais simples do que você imagina.

Primeiro retire o animal de dentro da água, posteriormente faça uma dosagem de choque de cloro (3 vezes a quantidade normal), ligue o filtro da sua piscina na posição filtrar, deixe no mínimo 1 hora funcionando e então sua piscina estará pronta para uso.

OBS.: Haverá cheiro forte de cloro e alta concentração do mesmo, mas nada que impeça o banho.

+ Presença de larvar e insetos

Realmente é uma situação preocupante. Larvas de insetos só se reproduzem em água limpa e sem cloro, ou seja, para resolvermos este problema é bem simples: adicione uma dosagem de choque de cloro (6x o comum).

+ Ausência frequente de cloro na água

O cloro é um produto volátil, ou seja, evapora facilmente com a luz solar.

Usualmente ensinamos que se você coloca cloro seguindo as recomendações de citadas nos quadros acima, ou seja, no inverno no mínimo 1 vez por semana e no verão 3 vezes por semana, não precisa se preocupar com isto.

Mas se você colocar cloro e logo após a cloração não apresentar residual de cloro, seu reagente e/ou cloro estão vencidos.

No mais, não atente-se muito para isto, se você coloca cloro na quantidade indicada e nos dias indicados, não há porque se preocupar.

+ Alto teor de cloro e água turva

Há duas possibilidades para este problema:

1 - Você está com muita materia orgânica na água a qual não está sendo consumida pelo cloro devido à alta turbidez. Neste caso você deve utilizar um oxidante. Se isto não funcionar, então você tem o seguinte problema:

2 - Você está utilizando tricloro (pastilha de cloro) há muito tempo. O cloro é volátil, mas o ácido isocianúrico não, ou seja, toda vez que você coloca cloro em sua piscina está adicionando cloro e ácido isocuanúrico, que vai se acumulando na água. Este composto é responsável por manter o cloro por mais tempo na água, diminuindo consideravelmente sua volatilidade, mas existe um ponto em que este composto não só elimina a volatilidade do cloro como também inibe sua função, deixando sua piscina vulnerável. Neste caso você deve esvaziar 2/3 de sua piscina e enchê-la novamente. Nossa recomendação é utilizar cloros estabilizados somente em casos de necessidade, como viagens ou períodos de ausência, nos demais períodos utilizar hipoclorito de cálcio no período noturno.

+ Bordas sujas

Neste caso você deverá utilizar o limpa bordas. Caso somente o limpa bordas não consiga remover de forma satisfatória, você pode adicionar uma pitada de barrilha na esponja. Se ainda assim achar que a eficiência está baixa, coloque em um balde com água 2 gramas de cloro, espere 5 minutos. Toda vez que recolocar limpa bordas na esponja, adicione uma pitada de barrilha e um pouco da água clorada.

+ Outras

Caso você tenha outras dúvidas, podes entrar em contato com a loja por meio do nosso e-mail contato@ramiropiscinas.com.br, pelo telefone (47) 3521-2700 ou no WhatsApp (47) 8426-8973.

Ficou alguma dúvida?

Entre em contato conosco!